Edição 2017.1 - Artistas selecionados

Nascida no Rio de Janeiro, Louisa cresceu no nordeste brasileiro, em Salvador da Bahia e, em seguida, na cidade de João Pessoa.

Em Salvador a África ainda é muito presente. De fato, foi por através desta cidade que os escravos africanos fizeram entrada no território brasileiro durante quatro séculos. A cozinha, a música e a religião são fortemente influenciadas por esta cutura africana.

 

Louisa tem boas lembranças da sua infância, ligadas diretamente a esse aporte cultural. As cores quentes importadas do seu imaginário continente africano que influenciaram a maioria de suas pinturas.

Louisa Monteiro

A maioria de suas obras são produzidas combinando a aplicação de pequenas pedras e areia sob diferentes camadas de tinta acrílica e massa de estrutura leve,

Ela fez sua primeira exposição individual na Alemanha, em 2007, na casa cultural Einstein (Ulm Einsteinhaus), e organizou nos anos seguintes exposições coletivas na Suíça, França e Alemanha.

Para a edição 2017.1 do Circuit Café-Culture, Louisa apresenta:

Estação Genebra:

"Baiana do Acarajé", uma de suas recordações com vendedoras de comida africana na rua.

Oleo sobre tela (50 x 50)

Estação Genebra:

"Mon petit Brésil", inspirada pelos mapas do Brasil que ela fez para os seus alunos do seu curso de português.

Acrílica sobre tela (50 x 50)

Estação Rio de Janeiro:

"Une femme avec son pilon", onde se vê uma mulher africana está trabalhando.

Acrílica e areia sobre tela (100 x 40)

© 2018 by Self-Curated

  • Facebook Clean
  • Twitter Clean